Dieta da USP – Cardápio, Dicas, Como Fazer

A Dieta da USP ficou bastante famosa nos anos 90 e até hoje é uma das mais procuradas pelo seu efeito de emagrecer rapidamente. Antes de mais nada, é importante lembrar que apesar do nome, a Dieta da USP não foi inventada pela Universidade de São Paulo (USP). Os criadores dessa dieta apenas a batizaram assim para aproveitar da credibilidade da Universidade.

Apesar de não ser invenção da USP, a dieta se mostra bastante eficaz para perda peso, apesar das suas controversas. A Dieta da USP segue os princípios de outra famosa dieta, a dieta da proteína ou do Dr. Atkins. Ela é uma dieta extremamente restritiva e que consiste em um cardápio rico em proteínas e com baixa ingestão de carboidratos.

Dieta da USP para emagrecer até 15 kg em 15 dias.

Dieta da USP

Veja tudo também sobre:

Por ser uma dieta bastante restritiva, é muito importante que você esteja preparado psicologicamente antes de iniciá-la. Outro grande problema com essa dieta é o efeito sanfona. Isso porque a perda de peso é muito rápida, e não é somente a gordura que é eliminada (líquidos e massa muscular também diminuem bastante durante a dieta), portanto é muito comum engordar alguns quilos novamente após a dieta, e se não for mantida uma alimentação saudável, é perigoso engordar ainda mais.

Então, após a dieta é essencial manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos.

A Dieta da USP deve ser mantida pelo período máximo de 15 dias, pois manter a dieta por um período maior de tempo pode ocasionar problemas renais e alterações cardíacas.

Como funciona a Dieta da USP

A Dieta da USP consiste em um cardápio elaborado para 7 dias, e que deve ser repetido por mais 7 dias. Após esses 14 dias você deve voltar a sua alimentação balanceada, pois com esse cardápio da dieta você não recebe todos os nutrientes que seu corpo necessita.

É muito importante seguir a risca o cardápio durante esses 14 dias de dieta, sem pular, ou trocar, nenhuma refeição.

Cardápio da Dieta da USP

Primeiro dia

Café da manhã: Café sem açúcar e sem adoçante

Almoço: 2 ovos cozidos (o mais indicado é comer apenas as claras) e ervas à vontade para acompanhar

Jantar: Salada de alface, pepino e salsão à vontade

Segundo dia

Café da manhã: Café com duas bolachas cream cracker

Almoço: 1 bife grande (sem gordura) e salada de frutas (evite frutas gordurosas como abacate)

Jantar: presunto à vontade

Terceiro dia

Café da manhã: Café com duas bolachas cream cracker

Almoço: 2 ovos cozidos (o mais indicado é comer apenas as claras), salada de vagem e 2 torradas

Jantar: Presunto e salada de alface, pepino e salsão (à vontade)

Quarto dia

Café da manhã: Café com duas bolachas cream cracker

Almoço: 1 ovo cozido (apenas a clara), 1 cenoura e 1 fatia de queijo minas

Jantar: Salada de frutas (apenas as frutas, sem leite condensado) e iogurte natural

Quinto dia

Café da manhã: Café e 1 cenoura crua temperada com limão

Almoço: Filé de frango grelhado à vontade

Jantar: 2 ovos cozidos (de preferência não coma a gema) com 1 cenoura

Sexto dia

Café da manhã: Café com duas bolachas cream cracker

Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade

Jantar: 2 ovos cozidos com 1 cenoura

Sétimo dia

Café da manhã: Café

Almoço: 1 bife grelhado e frutas à vontade

Jantar: Qualquer refeição desejada, exceto bebidas alcoólicas e doces

Ao final do sétimo dia repita novamente o cardápio até completar 14 dias. Após isso volte a sua alimentação balanceada.

Durante esses 14 dias você pode consumir chá e café sem açúcar e bastante água.

“Menina


“Menina