Dinheiro

Poupança ou Tesouro Direto

Poupança ou Tesouro Direto, qual a mais rentável e segura?

Poupança ou Tesouro Direto

Nos últimos anos muitos pessoas migraram da poupança para o Tesouro Direto para tentar ganhar um pouco mais de juros e evitar a desvalorização de suas economias. Porém, ainda existem muitas dúvidas a respeito do Tesouro Direto e suas vantagens e desvantagens em relação à poupança.

Quem investe em poupança normalmente está buscando por um investimento seguro e com liquidez. Porém, será que é a melhor opção? A poupança possui garantias privadas (FGC – Fundo Garantidor de Créditos), enquanto o Tesouro Direto tem garantias públicas. Portanto no quesito segurança, os dois são bastante seguros, com leve vantagem para os títulos públicos, pois o governo tem a capacidade de aplicar impostos para cobrir suas despesas, o FGC não.

“Menina

Já quanto a liquidez, a poupança leva vantagens, pois dependendo do título publico, você precisa esperar até o vencimento para realmente ganhar os juros. Caso você resolva revender os títulos antes da hora você pode perder os rendimentos ou até mesmo receber mesmo do que investiu.

Mas o que é Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um programa promovido pelo Tesouro Nacional em parceria com a BM&FBovespa para que pessoas físicas possam comprar títulos públicos diretamente.

O que são títulos do Tesouro Direto?

Os títulos públicos são títulos da dívida pública, ou simplesmente papéis emitidos pelo Tesouro Nacional para financiar investimentos e gastos públicos.

Qual a rentabilidade da Poupança e do Tesouro Direto?

A poupança tem uma rentabilidade de 0,5% ao mês mais a taxa referencial (TR), no total gira por volta de 0,65 ao mês. Esse rendimento é creditado na data de aniversário da abertura da poupança.

Já a rentabilidade do Tesouro Direto varia dependendo do tipo de título e prazo de vencimento. Existem alguns que possuem a remuneração pré-fixada, outros são atrelados a variação da Selic ou da inflação. Os vencimentos variam de 2016 a 2050.

Imposto de Renda

Outro ponto importante que devemos lembrar é que a poupança é isenta de importa de renda, já os títulos públicos sofrem cobrança de imposto variando de 15% a 22,5% de acordo com o prazo de resgate do investimento. No entanto, mesmo com a dedução de imposto de renda, caso o título seja levado até o vencimento ele rende mais que a poupança.

Nossa conclusão

Para as pessoas que desejam investir seu dinheiro, em algo seguro, para um longo prazo (2 anos para cima), e não precisará mexer nesse dinheiro nesse tempo, sem dúvida o Tesouro Direto é o melhor investimento. Pois sua rentabilidade chega ser ser superior em 100% em relação a poupança, depenando do tempo de vencimento do título e do indicador que ele está atrelado. Já se você precisa de liquidez, pois precisará do dinheiro a qualquer momento, a poupança é o melhor, pois possui liquidez e seu rendimento é mensal.

“Menina


“Menina


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.